Quer cursar Medicina? Veja mais detalhes sobre o curso

Confira as informações mais importantes que separamos para você

Quer cursar Medicina? Veja mais detalhes sobre o curso
TEXTO ELABORADO POR: João Pedro Carioca 

A medicina é a ciência que investiga a natureza e as causas das doenças humanas, buscando seu tratamento e sua prevenção, portanto, a saúde humana é o objeto de estudo dos médicos.

Os profissionais formados em Medicina possuem o intuito de pesquisar e tratar, principalmente, doenças e disfunções, buscando e decidindo os procedimento mais adequados para identificá-las, preveni-las e combatê-las. Para tal, precisam ter conhecimento e estar sempre bem atualizados sobre novas drogas, métodos e equipamentos que proporcionem aos pacientes os diagnósticos e os tratamentos mais avançados e efetivos.

O bacharelado em Medicina tem duração de seis anos em período integral, com carga horária total de cerca de 7000h. Em geral, o curso é dividido em três períodos de dois anos cada, sendo estes: ciclo básico, ciclo clínico e internato, dentre os quais os dois primeiros são teórico-práticos e o último somente prático.

Ciclo Básico     

No ciclo básico, é dada uma maior ênfase na introdução de temas como anatomia, histologia, bioquímica, embriologia, farmacologia, patologia, epidemiologia, entre outros, temas básicos ao estudo dos processos saúde-doença, com atividades teóricas e práticas, especialmente em laboratórios especializados.

Ciclo Clínico     

Já no ciclo clínico, o foco é a associação destes conhecimentos com os processos patológicos propriamente ditos, os quadros clínicos, semiologia e tratamentos. Esse período, geralmente, é dividido de acordo com as especialidades médicas (Ex. gastrenterologia; pneumologia; dermatologia etc.) ou sistemas de órgãos humanos (Ex. sistema geniturinário; sistema nervoso; sistema locomotor etc.), a partir de atividades teóricas e práticas, em clínicas e hospitais, como forma de preparar o aluno para o último ciclo do curso e lhe apresentar algumas das especialidades médicas.

Internato

O internato é composto, basicamente, de atividades práticas, nas quais o aluno é inserido em serviços de atendimento médicos aonde mantém contato com pacientes e situações reais, sob a tutela de preceptores médicos, colocando em prática o que aprendeu nos ciclos anteriores. Em geral, os dois anos de duração são divididos de forma a contemplar as grandes áreas da medicina (clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria, medicina da família e comunidade) e outras áreas de interesse, preparando o aluno para a maioria das demandas que encontrará ao se formar.

Após o fim da graduação, o aluno se torna médico e pode atuar como clínico geral, necessitando cursar uma residência médica ou especialização para atuar como especialista (Ex. cirurgião geral, anestesista, obstetra, ortopedista etc.). Na maioria dos casos, para ingressar na residência médica, é realizada uma prova, que aborda as grandes áreas da medicina e seleciona quem ingressará em cada especialidade. A duração da residência médica é variável, mas gira em torno de 3 anos -  com cerca de 60 horas semanais - após a graduação, a depender da área escolhida e do local. Podem ser realizadas subespecializações (Ex. cirurgia torácica, urologia, reumatologia etc.), que adicionarão mais alguns anos à formação. Geralmente, durante a residência, o médico recebe uma bolsa de estudos por volta de R$3.000, podendo também trabalhar no período não dedicado à especialização.

Mercado de trabalho

Atualmente, especialidades como psiquiatria, dermatologia e medicina do esporte estão em franca ascensão. Outras como ginecologia e obstetrícia, cirurgia geral e ortopedia tendem a sempre ter uma alta demanda.

Apesar do grande aumento do número de vagas para o curso de medicina nos últimos anos e o consequente aumento no número de médicos formados, a demanda por estes profissionais ainda é grande e o mercado é bastante amplo. O médico pode trabalhar em hospitais, clínicas, postos de saúde, empresas, consultório próprio ou mesmo via telemedicina, de forma intermitente por plantões, ou até de por concurso. Em geral, o mercado é muito receptivo com médicos recém-formados. O salário varia bastante com a área de atuação, presença de especialização e com o local de trabalho.

 

Quer ficar por dentro de dicas de estudos e conteúdos relacionados ao ENEM? Então, álém de ficar atento(a) ao nosso blog, acompanhe também nosso Instagram e YouTube! Estamos sempre trazendo novidades.

  

Preparação de qualidade para o ENEM? 
Conheça nossa plataforma: www.pensaread.com.br/

 

REFERÊNCIAS:

MEDICINA. Colégio Carlos Drummond de Andrade. Disponível em: https://www.ccda.com.br/medicina/. Acesso em: 07 Mai. 2020.

  • RECOMENDE-NOS AOS SEUS AMIGOS
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Veja também:

Artigos relacionados

Olá! Deixe seu comentário.Dica de Matemática: como calcular raiz quadrada de forma simples!

Enviando Comentário Fechar :/