Literatura no ENEM: veja quais são os assuntos mais recorrentes!

Confira a matéria e saiba quais pontos merecem uma atenção a mais

Literatura no ENEM: veja quais são os assuntos mais recorrentes!
TEXTO ELABORADO POR: Profª. Albenize Soares

Na hora de organizar seu material de estudo para a prova de linguagens do ENEM - especialmente - referente aos conteúdos de Literatura, lembre-se de esperar uma abordagem interdisciplinar em algumas questões, por parte do exame.

Elas podem envolver temas que exijam conhecimentos de História, Geografia, Filosofia, etc. Tudo de maneira bem contextualizada, que vai exigir de você uma boa carga de leitura e interpretação textual.

Falando em leitura, aqui vai uma dica: Privilegie o tempo de leitura! Como? Separe tempo para a Literatura Clássica e também para a contemporânea, sem fazer comparações negativas, pois o importante é você fazer uma “leitura de mundo” (interpretar de acordo com seus conhecimentos) mais crítica.   

Agora, vamos aos conteúdos mais recorrentes nas últimas edições do ENEM, especialmente aqueles que exigem compreensão e interpretação textual:

  1. Funções de linguagem;
  2. Figuras de linguagem;
  3. Gêneros literários (falando nisso, temos um post sobre Épico, Lírico e Dramático);
  4. Interpretação de linguagem verbal e não verbal;
  5. Textos de ficção;
  6. Denotação e Conotação;
  7. A relação entre textos literários e outras expressões artísticas (como pinturas, por exemplo).

Escolas literárias e autores mais recorrentes

Temos: Modernismo, romantismo, barroco (essas três primeiras são as mais frequentes), quinhentismo, realismo, naturalismo, parnasianismo, simbolismo, concretismo e arcadismo. É muito importante estudar todas as escolas literárias, entretanto, você precisa dar um pouco mais de atenção a alguns temas que emergem delas.

Como, por exemplo, os temas que envolvem a Literatura brasileira: a primeira, segunda, terceira e quarta fase do modernismo.

Antes de citarmos autores, entenda que alguns são classificados “didaticamente” dentro das épocas/escolas literárias, entretanto, a suas literaturas são inclassificáveis por serem tão bem construídas (como a literatura machadiana, por exemplo). Mas, quando se trata dos mais recorrentes no Enem, sugerimos que você dê uma atenção especial a estes autores: Machado de Assis, Clarice Lispector e Aluísio Azevedo. 

Vale a pena saber um pouco mais:  Literatura MachadianaNeto de escravos, negro, nascido de uma família humilde, Machado de Assis não teve acesso à educação formal. Entretanto, isso não o impediu de ter destaque na sociedade brasileira. Ele escreveu crônicas, contos, poesias e matérias de jornal. Embora ele não fosse reconhecido como “militante” dos desfavorecidos da época, sua literatura demostrava uma visão aguda sobre as desigualdades e opressões da sociedade escravocrata, a qual estava imerso. Além de sua literatura não ser classificada como exclusivamente romântica ou realista, ele trazia muita crítica implícita sobre a sociedade, e chega a ironizar até sua própria escrita, como no livro “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, muitos estudiosos afirmam que sua literatura é inclassificável. Principais obras: Dom casmurro, O alienista, Memórias Póstumas de Brás Cubas, Quincas Borba, entre outras.

Estude as obras literárias contemporâneas baseadas nas diversidades sociais!

A literatura contemporânea surge a partir das mudanças que a sociedade sofreu entre a metade do século XX e início do século XXI. Guerras, recessões econômicas e avanços tecnológicos influenciaram todos os aspectos sociais, inclusive o artístico. Dentro desse contexto, os gêneros textuais literários se modificaram. Surgindo o cordel, o conto e o micro conto, narrativas curtas com foco em problemas individuais de diversos grupos como: os negros, as mulheres, os indígenas, as lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT).

O ENEM 2018 abordou de forma considerável essa literatura, que no espaço acadêmico está em acessão, por isso, é importante que você se permita conhecê-la mais a fundo, veja uma questão com essa abordagem, abaixo:  

(ENEM 2018) Vó Clarissa deixou cair os talheres no prato, fazendo a porcelana estalar. Joaquim, meu primo, continuava com o queixo suspenso, batendo com o garfo nos lábios, esperando a resposta. Beatriz ecoou a palavra como pergunta, “o que é lésbica?”. Eu fiquei muda. Joaquim sabia sobre mim e me entregaria para a vó e, mais tarde, para toda a família. Senti um calor letal subir pelo meu pescoço e me doer atrás das orelhas. Previ a cena: vó, a senhora é lésbica? Porque a Joana é. A vergonha estava na minha cara e me denunciava antes mesmo da delação. Apertei os olhos e contraí o peito, esperando o tiro. […] Pensei na naturalidade com que Taís e eu levávamos a nossa história. Pensei na minha insegurança de contar isso à minha família, pensei em todos os colegas e professores que já sabiam, fechei os olhos e vi a boca da minha vó e a boca da tia Carolina se tocando, apesar de todos os impedimentos. Eu quis saber mais, eu quis saber tudo, mas não consegui perguntar.

POLESSO, N. B. Vó, a senhora é lésbica? Amora. Porto Alegre: Não Editora, 2015 (fragmento)

A situação narrada revela uma tensão fundamentada na perspectiva do:

A. Conflito com os interesses de poder.

B. Silêncio em nome do equilíbrio familiar.

C. Medo instaurado pelas ameaças de punição.

D. Choque imposto pela distância entre as gerações.

E. Apego aos protocolos de conduta segundo os gêneros.

 

RESOLUÇÃO:

Alternativa B

Na questão, temos um trecho do conto “Vó, a senhora é lésbica?” da mulher transexual Natália Borges Polesso. Nessa questão, o foco total está na interpretação textual da temática, relacionada às questões de orientação sexual e identidade de gênero. Sendo a alternativa (B) a resposta mais coerente.

 

E aí, gostou do conteúdo? Esperamos que sim! Quer saber um pouco mais sobre Literatura? Então, sugerimos para você nosso post sobre "Os textos Literários têm a linguagem muito difícil?

 

Para ficar por dentro de mais dicas de estudos e conteúdos relacionados ao ENEM, além de estar atento(a) ao nosso blog, acompanhe também nosso Instagram e YouTube! Estamos sempre trazendo novidades.

 

Preparação de qualidade para o ENEM? 
Conheça nossa plataforma: www.pensaread.com.br/

 

REFERÊNCIAS

CANDORE, Luís agostinho. Curso Prático de Português: Literatura, Gramática, Redação. Editora Ática. São Paulo.2006.

INEP, Instituto Nacional De Estudos e Pesquisas. Matriz de Referência do ENEM. 2020. Disponível em: https://enem.inep.gov.br.

FERNANDES, Rinaldo. O CONTO BRASILEIRO DO SÉCULO 21.Curitiba\PR. (Ensaio sobre os contos contemporâneos). Publicado no Jornal Rascunho, maio\2010.

 

   

 

 

 

  • RECOMENDE-NOS AOS SEUS AMIGOS
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Veja também:

Artigos relacionados

Olá, deixe seu comentário

Enviando Comentário Fechar :/