Literatura no ENEM: aprenda mais sobre o movimento Barroco!

Confira a matéria e entenda sobre essa "arte da indisciplina"

Literatura no ENEM: aprenda mais sobre o movimento Barroco!
TEXTO ELABORADO POR: Profª. Albenize Soares

"Porém, se acaba o Sol, por que nascia?

Se é tão formosa a Luz, por que não dura?"

[Gregório de Matos] - “Boca do inferno”*, ops!

Gregório de Matos aproxima verbos de sentidos opostos (acabar/durar) para demonstrar a angústia do eu-lírico nos dois versos da epígrafe acima. Angústia, dualidade, contradição e medo eram sentimentos comuns do homem que se expressava nesse momento literário. "Nesse momento"? Qual?

Literatura Barroca, escola literária, movimento e/ou momento literário Barroco, podem ser sinônimos da primeira manifestação literária ocorrida no Brasil colônia. E, como dissemos na discussão da semana passada (para acessar, é só clicar aqui), “toda forma de expressão e conhecimento do homem está diretamente atrelada ao seu tempo, ao seu período” (SOARES, 2020), assim, antes de falarmos sobre as principais características do Barroco, é necessário passear um pouco na discussão histórica sobre essa manifestação artística literária.

Um pouco de História...

  • Ano de 1517: Ocorre a divisão da igreja entre católicos e protestantes;
  • 1540: A Companhia de Jesus (ordem religiosa que envia missionários a diferentes continentes) é fundada;
  • 1563: O movimento da Contra Reforma é iniciado, pela igreja, na tentativa de impedir a expansão protestante. 

No meio de tantos acontecimentos surge o movimento Renascentista Europeu, sendo movido pelo materialismo, paganismo e sensualismo, que eram valores que iam de encontro com os religiosos.

Você acha que teria como surgir uma expressão artística linear e ideal no meio de tantas transformações sociais e religiosas? Pois então. À arte barroca revela as contradições e os conflitos do homem desse período, que abandona antigos ideais Renascentistas, e por isso, é taxada como a “arte da indisciplina”. Depois dessa síntese histórica, voltemos ao Barroco e suas principais características:

Sobre a linguagem: Ela é baseada em temas religiosos: no dualismo, na morbidez acentuando o sentido trágico da vida, e traz o emprego constante das figuras de linguagem por um uso da linguagem erudita.

De acordo com Cereja (2003, p.89) as quatro formas barrocas mais importantes são:

1. O cultismo, ou, jogo de palavras – Em geral essa forma explora efeitos sensoriais (cor, tom, forma, volume, etc.) e joga com as palavras e grande quantidade de figuras de linguagem. Ela também é conhecida como “gongorismo”.

2. O conceptismo, ou, jogo de ideias – Essa forma é mais recorrente na poesia, entretanto ela também ocorre na prosa. Nela, as ideias são postas por meio do pensamento lógico e sutilezas do raciocínio, por analogias, etc.

3. O Jogo de claro-escuro – Essa forma tem relação com a fusão de luz e sombra, nela o homem barroco representa os conflitos entre fé e razão, por exemplo. Mas, atenção! Essa forma é mais encontrada nas artes plásticas barrocas.

4. A efemeridade do tempo, "Carpe diem" – O homem barroco é consciente de que a vida na Terra é efêmera e, por isso, é necessário pensar sobre a salvação do espírito. Entretanto, ele se encontra em um dilema/paradoxo quando precisa gozar a vida já que é curta, mas isso implica pecar e ele quer ter salvação espiritual.

Um exemplo bem comum dessa forma é o filme “Sociedade dos poetas mortos (1989)”. O tema Carpe diem surge quando o professor de literatura (representado pelo, falecido, ator Robin Williams), fala para seus alunos: “Estão vendo todos estes alunos das fotos? Estão todos mortos. Carpe diem!” 

O Barroco no Brasil

Século XVII. O Brasil via nascer uma literatura própria, embora ainda frágil e ligada aos modelos lusitanos. Começa a surgir escritores naturais da colônia, que nutriam um sentimento de valorização da terra de origem.  

Esses escritores, em sua maioria, usavam da escrita literária para criticar a sociedade colonialista que via o Brasil como um grande ponto de comércio e seus povos como objetos de exploração sexual e braçal. Assim, em meados de 1720 e 1750 várias academias de Literatura foram criadas ao longo país, possibilitando a manifestação barroca na literatura, nas artes plásticas e na construção de igrejas de estilo barroco.

É possível dizer que a obra A Prosopopeia (1601) de Bento Teixeira pode ser tida como o “marco” do Barroco brasileiro, que imita Os lusíadas.

Destacamos alguns nomes considerados relevantes no surgimento do Barroco Brasileiro, são eles:

  • Na poesia: Gregório de Matos, Frei Itaparica, Botelho de Oliveira e Bento Teixeira.
  • Na prosa: Pe. Antônio vieira, Nuno Marques Pereira e Sebastião da Rocha Pita.

Destacamos, também, dois brasileiros que se destacam nesse período:

O “Boca do Inferno”, como ficou conhecido Gregório de Matos (1633-1696). Esse, trazia textos cheios de críticas e palavrões referenciando a sociedade colonial baiana. Mas fique ligado(a)! Ele também escrevia textos com temas religiosos, amorosos e filosóficos, pela lírica.

E “Aleijadinho”, como era mais conhecido Antônio Francisco Lisboa (1738-1814). Esse, foi um escultor, arquiteto e entalhador de grande destaque no Brasil colonial. As obras que criou estão distribuídas, principalmente, pelas cidades de Ouro Preto (antiga Vila Rica) e Tiradentes, entre outras. Todas com base em temas barrocos que expressam o conflito entre fé e razão.    

 

Esperamos que tenha gostado do conteúdo de hoje! Que tal saber quais são os assuntos de literatura mais recorrentes no ENEM? É só clicar e, logo, será redirecionado para o nosso post! Bons estudos!

 

Para ficar por dentro de mais dicas de estudos e conteúdos relacionados ao ENEM, além de estar atento(a) ao nosso blog, acompanhe também nosso Instagram e YouTube! Estamos sempre trazendo novidades.

 

Preparação de qualidade para o ENEM?
Conheça nossa plataforma: www.pensaread.com.br/ 
          

     

 

REFERÊNCIAS

CEREJA, William Roberto; MAGALHÊS, Thereza Cochar. Português: Linguagens. São Paulo: Editora Atual. 2003.

  • RECOMENDE-NOS AOS SEUS AMIGOS
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Veja também:

Artigos relacionados

Olá, deixe seu comentário

Enviando Comentário Fechar :/